Geral

DESCUBRA QUAL O MELHOR MAGNÉSIO QUE EXISTE

DESCUBRA QUAL O MELHOR MAGNÉSIO QUE EXISTE

O magnésio é um mineral essencial para o funcionamento adequado do organismo humano, desempenhando um papel fundamental em diversas funções vitais. Neste artigo, vamos explorar a importância do magnésio, especialmente para o coração, discutir sua relevância científica muitas vezes negligenciada e destacar o magnésio dimalato como uma opção eficiente de suplementação.

O magnésio é conhecido como o “maestro” do organismo devido à sua capacidade de comandar cerca de 300 reações químicas no corpo. Esse mineral é fundamental para as mitocôndrias, estruturas microscópicas presentes nas células responsáveis pela produção de energia. Sem magnésio suficiente, o corpo experimenta uma falta de energia que afeta todos os sistemas do organismo.

No entanto, o coração é particularmente dependente do magnésio. Estudos mostram que o músculo cardíaco requer 18 vezes mais magnésio em comparação com outras áreas musculares do corpo. A deficiência de magnésio pode levar a várias doenças cardiovasculares, como angina, aterosclerose e problemas de pressão arterial. O magnésio desempenha um papel crucial na contração e relaxamento dos músculos cardíacos e vasos sanguíneos, influenciando diretamente a pressão arterial. O consumo adequado de magnésio pode aliviar a contração dos vasos e reduzir a pressão arterial, proporcionando benefícios imediatos e auxiliando no tratamento de emergências hipertensivas.

Além do seu papel no sistema cardiovascular, o magnésio também melhora a resistência celular à insulina, o hormônio responsável pelo transporte de açúcar para dentro das células. Estudos indicam que pessoas que consomem pelo menos 300 miligramas de magnésio diariamente têm 37% menos risco de morte súbita. Portanto, o magnésio desempenha um papel importante na prevenção de doenças cardiovasculares, além de contribuir para o tratamento da depressão, ansiedade, dores crônicas e fibromialgia.

As principais fontes naturais de magnésio são os vegetais de cor verde escuro, como espinafre e couve de Bruxelas. No entanto, os alimentos cultivados em solos vulcânicos tendem a ser mais ricos nesse mineral. Infelizmente, a falta de vulcões no Brasil é apontada como uma das razões para a deficiência de magnésio na população brasileira.

Em situações de estresse crônico, o magnésio é convocado para ajudar a equilibrar o corpo. No entanto, as reservas naturais de magnésio diminuem com a idade, e após os 55 anos, ocorre uma redução significativa dessas reservas. Portanto, é necessário aumentar o consumo desse nutriente por meio da alimentação e suplementação.

Dentre os diferentes tipos de suplementos de magnésio disponíveis, o magnésio dimalato se destaca por sua alta absorção pelo organismo. Esse composto consiste em magnésio ligado a duas moléculas ativas de ácido málico, que desempenham um papel fundamental na produção de energia. O magnésio dimalato é eficiente para entrar nas células e contribui para a produção energética, combatendo a fadiga, o cansaço crônico e as oscilações de humor. Além disso, esse tipo de magnésio é naturalmente protegido, o que reduz o risco de diarreia em comparação com outras formas de suplementação.

A dose diária recomendada de magnésio dimalato varia de pessoa para pessoa, mas em média, é indicado o consumo de 350mg divididos em cápsulas, preferencialmente 30 minutos antes das refeições.

Em resumo, o magnésio desempenha um papel crucial em inúmeras funções do organismo, sendo especialmente importante para a saúde cardiovascular, resistência à insulina e bem-estar mental. O magnésio dimalato se destaca como uma opção eficiente de suplementação, com alta absorção e benefícios prolongados ao longo do dia. Priorizar uma alimentação rica em vegetais verdes escuros e considerar a suplementação adequada de magnésio podem contribuir para uma vida mais saudável e equilibrada.

 

#magnésio #saúde #dayansiebra

Botão Voltar ao topo