Emagrecimento

Os Benefícios Dos Exercícios De Kegel: Por Que Você Deveria Fazê-Los Diariamente

Os exercícios de Kegel são exercícios simples de apertar e soltar que podem ser usados para fortalecer os músculos do assoalho pélvico. Sua pélvis é a área entre as nádegas que contém seus órgãos reprodutivos.
————————————————-
🟢 Esse é o meu método para ganhar massa muscular 3x mais rápido 👉 https://bit.ly/3EtxDVL

🔔 Compartilhe o vídeo: https://youtu.be/1TWrgALYd9U
——————————————————

O assoalho pélvico é na verdade uma série de músculos e tecidos que formam uma tipoia, ou rede, na parte inferior da pélvis. Este sling mantém seus órgãos no lugar. Um assoalho pélvico fraco pode levar a problemas como a incapacidade de controlar seus intestinos ou bexiga.

Depois de entender os exercícios de Kegel, você pode fazê-los a qualquer hora e em qualquer lugar – na privacidade de sua própria casa ou enquanto espera na fila do banco.
O que o assoalho pélvico faz?
Os músculos do assoalho pélvico são essenciais para as funções diárias. Eles sustentam os órgãos pélvicos, incluindo bexiga, uretra, reto, ânus, próstata, útero, colo do útero, vagina e intestinos.

Os músculos do assoalho pélvico também contribuem para a saúde e função sexual, incluindo excitação e orgasmo

Além disso, eles ajudam a estabilizar os quadris e o tronco, especialmente ao caminhar e ficar de pé.

A gravidez e o parto vaginal podem enfraquecer esses músculos, causando uma série de problemas, que variam em gravidade, desde dor leve e desconforto até prolapso de órgãos pélvicos.

Mas não é apenas a gravidez ou o parto que podem causar disfunção do assoalho pélvico. Também pode ocorrer com a idade, menopausa, cirurgia, levantamento de peso repetido, ficar sentado por muito tempo, abuso sexual ou condições que criam pressão no abdômen, como peso excessivo.

Além disso, certos hábitos, sintomas ou condições podem contribuir para distúrbios do assoalho pélvico (DPF), como endometriose, síndrome do intestino irritável, cistite intersticial e padrões habituais de evitar ou restringir os movimentos intestinais.

Pessoas de todos os gêneros têm esses músculos?
Para muitas pessoas, os conceitos de Kegels e assoalho pélvico são sinônimos de vagina e, mais especificamente, de gravidez.

Mas o que você talvez não saiba é que pessoas de todos os gêneros têm esses músculos. Em pessoas com pênis, os músculos do assoalho pélvico sustentam a bexiga e o intestino, evitando o vazamento de fezes e urina.

Eles também ajudam na saúde sexual, incluindo função e sensação.

Diagnósticos comuns de distúrbios do assoalho pélvico em homens incluem prostatite crônica, neuralgia do pudendo, neuralgia genitofemoral e hipertonicidade.

Como você encontra os músculos do assoalho pélvico?
Uma das maneiras mais simples de encontrar o assoalho pélvico é interromper ou diminuir o fluxo de urina ao ir ao banheiro. Se você conseguir fazer isso com sucesso pelo menos algumas vezes, você encontrou seu assoalho pélvico.

Quais são os benefícios de fortalecer o assoalho pélvico?
Como outros músculos do corpo, o assoalho pélvico funciona melhor quando os músculos são fortes e capazes de relaxar totalmente após uma contração completa. O fortalecimento do assoalho pélvico permite que você suporte melhor a bexiga, os intestinos e o útero.

Além disso, pode ajudar no controle da bexiga e do intestino.

Os pesquisadores também descobriram que a melhora da função do assoalho pélvico melhora a qualidade de vida.

Se você tem prolapso do assoalho pélvico, fortalecer os músculos do assoalho pélvico também ajuda a reduzir a gravidade dos sintomas, incluindo vazamento urinário, incontinência, pressão pélvica e dor lombar, entre outros.

Um programa de fortalecimento do assoalho pélvico também pode levar a um sexo melhor.

Algumas pesquisas apóiam a conexão entre a função sexual masculina e a função do assoalho pélvico. Especificamente, os pesquisadores citam como a fisioterapia do assoalho pélvico pode potencialmente melhorar a disfunção erétil e os problemas de ejaculação.

Além disso, apertar ou contrair regularmente os músculos do assoalho pélvico pode aumentar a sensação sexual e a função sexual de algumas pessoas com vagina.

Finalmente, a American Urological Association recomenda o treinamento dos músculos do assoalho pélvico como parte de um plano de tratamento para bexiga hiperativa.

O objetivo desta terapia é inibir as contrações involuntárias da bexiga e diminuir a incontinência.

Exercícios para fortalecer o assoalho pélvico
Você pode ativar o assoalho pélvico a qualquer hora, em qualquer lugar. Mas também é benéfico incorporar exercícios específicos que fortalecem e visam os músculos do assoalho pélvico.
Importante: para conseguir resultados, deve-se executar os exercícios de Kegel diariamente, pelo menos 3 vezes por dia.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo