Emagrecimento

7 Fatores Que Estão Impedindo Você De Ganhar Músculos

https://www.youtube.com/watch?v=X2jjA16ONYw

Você está indo para a academia, treinando duro, mas ainda não está vendo os resultados que deseja? Talvez seja hora de revisar sua rotina e ver o que está impedindo você de obter os músculos que deseja. Para ajudar nessa tarefa, listamos 7 atitudes que podem retardar o processo de hipertrofia.
————————————————-
🟢 Descubra como acelerar o seu crescimento muscular 👉 https://bit.ly/3EtxDVL

🔔 Compartilhe o vídeo: https://youtu.be/X2jjA16ONYw
——————————————————

1- Dieta desbalanceada

O que você come pode afetar muito os ganhos de massa muscular. “Mesmo com treinamento adequado na frequência correta, se não consumirmos quantidades ideais de nutrientes (principalmente proteínas) ao longo do dia, não teremos matriz ou ‘matéria-prima’ para construir músculos.” O segredo é aumentar a ingestão de alimentos protéicos (carnes magras, peixes, ovos, laticínios) e combiná-los com carboidratos (frutas, massas, pães e grãos – de preferência integrais) e gorduras boas (abacate, azeite, nozes). em todas as refeições.

2-Pouco Descanso.
Toda atividade física, especialmente o treinamento de resistência, como a musculação, gera desgaste devido ao estresse que exerce sobre o tecido muscular. O descanso é fundamental porque permite que as estruturas afetadas se regenerem, tornando-as mais fortes. Sem esse período de recuperação muscular, ele não consegue se regenerar, fortalecer ou se preparar para novos estímulos, o que prejudica o ganho de massa muscular.

3- Frequência de treino.

Manter um ritmo de treino é outro fator que afeta os resultados da hipertrofia. Se os intervalos entre as sessões forem muito curtos, pode ocorrer fadiga excessiva, o que geralmente leva a lesões. Se você descansar muito, poderá perder o efeito do treino anterior. “Para produzir ganhos máximos de massa muscular, o ideal é seguir uma frequência de 2 ou até 3 vezes por semana para cada grupo muscular”.

4- Falta de Foco.

Ganhar músculos requer estratégia e foco. Se você não estabelecer e manter uma rotina de treino, descanso e alimentação balanceada, desenvolver massa magra será um desafio mais complexo. “Se você for objetivo e seguir o padrão prescrito de exercícios (séries, repetições e intervalos), em um curto período de tempo o processo se tornará um hábito e será mais fácil permanecer ativo. Não há resultados milagrosos, então fique longe de falsas promessas e Concentre-se em seus planos.

5- Esquecer de revisar o treino periodicamente.
Se você se esquecer de acompanhar seus treinos e seguir a mesma série por meses a fio, pode apostar que seus ganhos musculares vão estagnar. “Vários princípios são aplicados no treinamento. Um deles é o princípio da sobrecarga: com o tempo, o corpo se adapta ao estímulo e para de evoluir”. Para evitar isso, é necessário ajustar o nível de exercício aumentando a carga, as repetições ou o volume de trabalho por grupo muscular.

6- Desidratação.

Você sabia que a desidratação é uma das coisas que impedem o aparecimento de músculos? Lembre-se, 70% do tecido muscular é formado por água, sem esse combustível essencial para a atividade celular, o desempenho durante o exercício certamente será reduzido.

7- Não priorizar alimentos pré e pós-treino.

Se comermos direito, nossos corpos armazenam gordura e carboidratos para o exercício. No entanto, o que você come antes e depois também importa, pois pode criar “gás” no desempenho do treinamento e nos resultados finais.

Antes do treino, priorize os carboidratos e uma pequena quantidade de proteína. Algumas opções incluem frutas com iogurte (sem gordura é melhor), torrada com homus e pão integral com manteiga de amendoim sem açúcar.

Já após um treino, inverta a ordem dos nutrientes: Consuma mais proteínas e menos carboidratos. Uma omelete e uma fatia de pão ou um lanche de fruta, patê de atum ou frango e iogurte proteico são grandes aliados.

Botão Voltar ao topo