Emagrecimento

5 sinais de um ataque cardíaco silencioso

5 Sinais de um Ataque Cardíaco Silencioso

Um ataque cardíaco é um evento temido que pode ter consequências graves e até fatais. Geralmente, associamos um ataque cardíaco à dor no peito intensa e outras manifestações dramáticas. No entanto, nem todos os infartos se apresentam da mesma forma. Muitas vezes, ocorrem ataques cardíacos silenciosos, nos quais os sintomas não são tão evidentes. É essencial reconhecer e entender esses sinais, pois a detecção precoce pode levar ao tratamento adequado e potencialmente salvar vidas.

Neste artigo, o renomado Dr. Dayan Siebra compartilha informações importantes sobre os cinco sinais de um ataque cardíaco silencioso. É fundamental estar ciente desses sinais para uma melhor compreensão da saúde do coração e tomar as medidas necessárias para o cuidado pessoal.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia revela que de 20% a 45% dos ataques cardíacos são silenciosos, ou seja, não apresentam sintomas evidentes. Isso é preocupante, uma vez que a maioria das pessoas associa um infarto à dor no peito intensa. De fato, o infarto é a principal causa de morte tanto no Brasil quanto no mundo. No entanto, um grande número de indivíduos desconhece as causas e sintomas relacionados ao infarto.

A conscientização sobre os sintomas de um ataque cardíaco silencioso é crucial para a identificação precoce e a busca de atendimento médico adequado. Dr. Dayan Siebra, renomado cirurgião vascular, destaca a importância de compreender que esses sintomas podem ser facilmente confundidos com outras condições de saúde. Dor no peito, aperto no coração, suor frio, náuseas, vômitos, tonturas e ansiedade são alguns dos sinais comuns, mas que nem sempre são associados a um infarto. Portanto, é essencial estar ciente dessas manifestações e procurar ajuda médica caso ocorram.

O coração, órgão vital do nosso corpo, necessita de um fluxo constante de sangue para funcionar adequadamente. As artérias coronárias são responsáveis por fornecer sangue rico em oxigênio ao coração. No caso de um infarto, ocorre uma obstrução dessas artérias, resultando na falta de irrigação sanguínea e na morte do músculo cardíaco. A localização da obstrução determina a gravidade do infarto.

É importante ressaltar que o estilo de vida desempenha um papel fundamental na saúde do coração. Fatores de risco, como obesidade, sedentarismo, diabetes, hipertensão e estresse, estão diretamente relacionados ao desenvolvimento de problemas cardiovasculares. Por isso, é essencial adotar uma abordagem preventiva e cuidar desses fatores de risco.

Dr. Dayan Siebra enfatiza que diabéticos têm maior probabilidade de sofrer um ataque cardíaco silencioso devido à anestesia causada pela doença. Além disso, ele destaca a importância de estar ciente dos sinais que indicam um

.

Botão Voltar ao topo